Wednesday, January 25, 2017

CALLING DOCTOR LOVE: HIGIENE SENTIMENTAL PARA UMA VIDA SEXUAL SAUDÁVEL E SUPIMPA (#20)



Caro Doctor Love,
Quando minha mulher engravidou, minha mãe me disse para não contrariá-la sob hipótese alguma, e tratar de providenciar qualquer desejo ele ela, por ventura, viesse a ter. Pois bem: os desejos começaram relativamente óbvios: melancia no meio da noite, marmelada no café da manhã, hamburger com molho barbecue à base de goiaba que ela viu o Claude Troisgros fazendo na TV... coisinhas assim. Mas a gestação parece ter potencializado seu desejo sexual também, e ela passou a exigir sexo a qualquer momento durante o dia. Até aí, tudo bem: tenho 29 anos, estou em férias, em plena forma física e consigo dar conta da brincadeira. O problema é que ela passou a querer sexo bem selvagem e violento, e a exigir que eu esfreguasse melancias, mangas e abacates por seu corpo, massageasse seu clitória com casca de abacaxi e introduzisse caquis em sua buceta antes de enterrar minha rola nela. Até agora, estou fazendo tudo o que ela manda, mas confesso que tenho medo que o bebê possa ser prejudicado com tamanha truculência. O que você me diz sobre isso, Doctor Love? (Jacó Bezerra, São Dimas, SP)


Caro Jacó,
Não pense no bebê.
Aproveite o momento.
As chances dela lhe negar sexo
por muitos e muitos meses
depois que o bebê nascer são enormes.
Rola nela, amigão.
E se ela quiser levar umas chapoletadas,
não hesite: desça a mão.
Não acertando na barriga dela, está tudo certo.
Bom Verão, Boa Sacanagem e Boa Sorte!



Caro Doctor Love,
Moro em em Santa Cecília, no centro de São paulo, mas fui criada em Santos, à beira mar, e sempre fui rata de praia. São Paulo é uma cidade cruel para quem gosta de tomar sol e sente falta do mar. Alguns meses atrás, descobri que se eu pulasse da janela do meu quarto para a marquise do meu prédio, poderia aproveitar o sol da manhã até por volta do meio-dia -- e tenho feito isso com alguma frequência desde então, ninguém no prédio reclamou até agora. O problema é que meu marido descobriu a marquise também e agora deu para dormir ao relento todas as noites. Detalhe: ele só consegue doemir nu. Semana passada ele insistiu para que trepássemos lá fora no meio da noite, só para experimentar, e eu topei. Resultado: foi a sessão de sexo mais deliciosa que tivemos em muitos e muitos anos. Sexo, agora, só rola lá fora. Pelo menos, até o prédio começar a reclamar. Há algo de muito insano nisso, Doctor Love(Nara Trovão, Santa Cecília SP)


Cara Nara,
De insano não tem absolutamente nada.
Só tome cuidado com a gritaria durante a fudelança.
Algum vizinho espírito de porco pode jogar
ovos, tomates ou objetos cortantes pela janela.
De resto, aproveitem bem a marquise.
E torçam para que ela aguente bem
o nheco-nheco frenético de vocês dois.
Bom Verão, Boa Sacanagem e Boa Sorte!



Caro Doctor Love,
Meu namorado é maluco por bacon. Para agradá-lo, costumo cobrir meu corpo com fatias de bacon no formato de soutiens e calcinhas antes de tomar banho de sol no quintal de casa. Depois de meia hora ao sol, estou cheia de gordura de bacon derretida pelo corpo, e as fatias de bacon estão sequinhas. Então ele me lambe toda e me fode enlouquecidamente. O efeito colateral disso -- ficar fedendo a bacon por dias e dias -- acaba sendo mínimo se comparado ao bem que ele me faz. O problema é que agora ele quer que eu vá à praia com trajes de banho de bacon, e eu estou começando a achar que ele está perdendo a razão. O que você me diz, Doctor Love? (Dalva Marcucci, Caraguatatuba SP) 


Cara Dalva,
Manda internar esse seu marido.
Ele tem tesão por bacon, não por você.
Comece a sair com alguém que não seja
tão anormal assim.
E não faça a burrada de trocá-lo por um vegetariano.
Vegetarianos quase sempre fodem mal.
Veganos então, acho que nem fodem.
Enfim, escolha uma piroca nova e agarre-a bem.
Bom Verão, Boa Sacanagem e Boa Sorte!




Odorico Azeitona vem escrevendo
sobre putaria e sacanagem
para LEVA UM CASAQUINHO
desde o início de 2014.
Expert gabaritadíssimo nesses assuntos,
decidimos convidá-lo para assinar
uma coluna de aconselhamento sexual
para nossos leitores mais atrapalhados.
Odorico não só adorou a ideia
como rapidamente se transformou
no conselheiro sexual menos ortodoxo
do lado de cá do Equador:
DOCTOR LOVE.



No comments:

Post a Comment