Saturday, February 18, 2017

COM VOCÊS, MAIS UM ELETRIZANTE EPISÓDIO (O 59°) DA SAGA CONJUGAL "AH, O AMOR"



— O meu filho é legal com você?

— Ai, tia, ele é ótimo.

— Ah, gostei de saber disso. Ele é um bom menino, mas aqui em casa é meio fechado.

— Não é um cara de falar muito, mas é carinhoso e sempre me apoia.

— Ele é carinhoso?

— Na medida certa. Não é meloso. Sabe a ocasião de fazer um carinho.

— O pai dele também era mais ou menos assim, quando a gente namorava. Depois...

— Depois o quê, tia?

— No começo é tudo lindo. Daí os anos passam, os homens ficam mais na deles, criam barriga, ficam vidrados em ver o jogo na TV, essas coisas da vida.

— Acho que o Júnior não vai ficar assim. Ele vai sempre à academia. E nem gosta de futebol.

— A televisão é um vício pra eles. Não é só esporte. E quando ficam vendo programa que tem um monte de mulheres gostosas?

— Nossa, isso é muito grosseiro. Mas nunca fui desrespeitada assim. Ele é tão romântico!

— Romântico?

— Ainda ontem, quando eu estava dando uma geral na louça, no meu ap, ele veio por trás de mim e me deu um beijo no ombro. Quando eu virei ganhei um botão de rosa.

— Eles conseguem fazer essas gentilezas, quando querem sexo.

— Não, tia, não foi isso. Me convidou pra jantar fora.

— Que lindo. Espero que continue desse jeito. O tempo dirá. Tomara que eu esteja errada.

— A senhora está muito amarga. O tio é muito atencioso comigo. Não parece tão desligado da família.

— Ele joga pra torcida, como os homens costumam dizer. Você não fica aqui no dia-a-dia.

— Que pena. Mas tenho certeza que o filho de vocês vai ser diferente.

— A sua fé é impressionante. Mas acho que tem de ser por aí, senão ninguém constitui família.

— Eu quero muito construir uma família.

— Estou vendo. A vida é assim, você é jovem. Não ligue muito para o que eu digo. É só um alerta.

— Tia, às vezes eu acho... sei lá.

— O que foi, minha filha?

— Eu acho que a senhora não quer que eu case com seu filho.

— Pelo amor de Deus, meu bem, de jeito nenhum. Me dá aqui um beijo. Sempre digo que você é a mulher perfeita para o Junior.




Luiz Antonio Guimarães Cancello
é Escritor, Psicólogo e Professor de Psicologia.
Foi editor, ao lado do poeta Jair Freitas,
da lendária revista cultural ARTÉRIA,
marco da Cultura Santista dos Anos 1980.
Possuí vários livros publicados,
alguns sobre Psicologia,
outros de Ficção,
que podem ser adquiridos
na Realejo Livros
(Marechal Deodoro, 2 , Tel: 13 3284-9146)
na Disqueria Santos
(Conselheiro Nébias, 850, Tel: 13 3232-4767)
ou pelo website
www.luizcancello.psc.com










No comments:

Post a Comment