Friday, June 16, 2017

COM VOCÊS, MAIS UM ELETRIZANTE EPISÓDIO (O 71°) DA SAGA CONJUGAL "AH, O AMOR"



— Você poderia chegar em mim com mais jeito.

— Como assim? Eu te trato muito bem, pelo menos tento.

— Trata mesmo, não tenho queixa. Não é isso.

— Tô sempre te fazendo carinho.

— Também não é isso. Não se trata de carinho.

— Mas o que é, então?

— Romantismo. Acho que é isso.

— Romantismo? Caramba... ontem mesmo te dei um presente sem nenhuma data especial. Isso não vale nada?

— Claro que vale. Mas você não dá rosas, por exemplo.

— De fato. Não acho legal, as flores morrem, são muito perecíveis. Prefiro dar outras coisas.

— Olha aí.

— Mas só porque não dou rosas estou em falta com o romantismo?

— Mais ou menos. É um sinal.

— Escuta aqui. Não tem muita gente por aí mais ponta firme que eu.

— É verdade. O pessoal sempre comenta que você é muito legal. Eu também falo isso pras pessoas.

— Então. O que está faltando?

— Não sei, não dá pra falar assim, de repente.

— Você queria que eu te levasse pra jantar num restaurante de luxo, à luz de velas, com traje a rigor?

— Eu não ligo pra essas coisas e a gente nem tem essa grana. Você tem cada ideia!

— Quer uma joia?

— Você ganhou na loteria e eu não estou sabendo? Eu mal uso bijuteria. Aonde você quer chegar?

— Só estou tentando entender. Não quero perder você.

— Mas ninguém falou em perder ninguém!

— Me dá uma baita insegurança saber que você sente falta de alguma coisa em mim.

— Perfeição não existe, meu amor. Sempre vai faltar alguma coisa no outro. A gente tem de viver com isso.

— Mas se ao menos ficasse claro, eu poderia melhorar.

— Acho que não é a sua. Paciência.

— Caracas, mas tenta me explicar!

— Olha aí.

— Olha aí o quê?!

— Esse seu jeito.

— Puta merda, falar palavrão também é falta de romantismo?

— Mais ou menos. Não é bem isso.





Luiz Antonio Guimarães Cancello
é Escritor, Psicólogo, Professor e Músico.
Foi editor, ao lado do poeta Jair Freitas,
da lendária revista cultural ARTÉRIA,
marco da Cultura Santista dos Anos 1980.
Possuí vários livros publicados,
alguns sobre Psicologia,
outros de Ficção,
que podem ser adquiridos
na Realejo Livros
(Marechal Deodoro, 2 , Tel: 13 3284-9146)
na Disqueria Santos
(Conselheiro Nébias, 850, Tel: 13 3232-4767)
ou pelo website
www.luizcancello.psc.com

No comments:

Post a Comment