Tuesday, January 31, 2017

AS "BOAZUDAS" DOS ANOS DE OURO DO CINEMA BRASILEIRO #8: KATE HANSEN

por Chico Marques


Kate Hansen nasceu em São Paulo no dia 13 de agosto de 1952, numa família de imigrantes dinamarqueses.

Era apenas uma garotinha de 8 anos quando participou de um concurso na TV Tupi para descobrir a mais bela voz colegial.

Ganhar, não ganhou.

Mas, em pouco tempo, foi chamada para um teste na novela Super Plá (69/70), de Bráulio Pedroso, na mesma TV Tupi, e nunca mais parou.

E então, de um ano para outro, a atriz infantil cresceu e se transformou numa loura de olhos verdes com seios fartos e uma sensualidade à flor da pele, dentro dos padrões nórdicos de beleza.

Foi obrigada a sair de casa para trabalhar como atriz, pois seu pai era contra sua escolha -- e assim, ela deixou para trás um sítio com cavalos e carros à disposição, e foi morar numa pensão.

O sacrifício valeu a pena, pois aos vinte e poucos anos ela já era bombardeada por convites de todos os tipos para fazer novelas, teatro e cinema.

De lá pra cá, passou por praticamente todas as emissoras que produzem telenovelas ou alguma modalidade de teleteatro.

Ao todo, Kate fez 13 longas.

Alguns deles realmente notáveis, como Aleluia Gretchen (de Silvio Back) e a ótima trinca de filmes que rodou com Walter Hugo Khouri: As Deusas, O Desejo e Eros.

Outros, nem tanto.

Curiosamente, é lembrada por ter participado de um filme clássico dos tempos da ditadura militar, realizado para a comemoração do sesquicentenário do Grito do Ipiranga: o oficialíssimo Independência ou Morte, de Carlos Coimbra, onde fez o papel da Imperatriz Leopoldina.

Ganhou dois prêmios APCA pelas novelas O Resto É Silêncio (1972) e Os Apóstolos de Judas (1976), e ganhou um Prêmio Air France por sua participação em As Deusas (1972), de Walter Hugo Khouri, onde interpreta uma psiquiatra se envolve emocionalmente com uma paciente (Lilian Lemmertz) e com o marido dela (Mário Benvenutti), tudo ao mesmo tempo.

Afastada da TV desde meados dos Anos 90, ela deu oficinas para atores no Sesc e participou também do Projeto S.O.S. Criança, da Prefeitura de São Paulo, para tirar meninos da rua e introduzi-los às artes, entre 1994 a 1998.

Desde então, morou em Belém do Pará, depois seguiu para a Europa, e há alguns anos está de volta a São Paulo fazendo teatro e ensaiando uma volta à TV num programa de entrevistas semelhante ao ELA, que ela apresentava nas tardes da TV Bandeirantes nos Anos 80.

Kate foi casada com o ator e cantor de rock Ricardo Petraglia (a.k.a. Dick Petra, do lendário grupo Sindicato), e com ele teve um filho -- Lucas Margutti, também ator, que participou de uma temporada da novela teen Malhação.

É viúva do geólogo Nilson Pinto Teixeira, com quem viveu em vários cantos do mundo no final dos Século XX.








TRECHOS DE ENTREVISTAS

"Meu pai foi contra eu virar atriz. Ele sabia das dificuldades da carreira."

"Eu trabalhava como um rolo compressor, fazia tudo o que aparecia pela frente. Cheguei a fazer duas novelas por ano. Não é legal trabalhar tanto assim. Às vezes a gente tem que dar uma reciclada."

"Tenho um carinho especial por algumas novelas que fiz, como A Viagem, O Barba Azul e Transas e Caretas. E os três anos em que estive na TV Cultura foram maravilhosos, pena que a Cultura esteja como está"








TELEVISÃO

1991 O Portador (Globo)
1989 Cortina de Vidro (SBT)
1984 Transas e Caretas (Globo)
1983 Razão de Viver (SBT)
1982 Paiol Velho (Cultura)
1982 Casa de Pensão (Cultura)
1982 Maria Stuart (Cultura)
1981 O Resto é Silêncio (Cultura)
1981 O Vento do Mar Aberto (Cultura)
1979 O Todo Poderoso (Bandeirantes)
1978 Roda de Fogo (Tupi)
1977 Cinderela 77 (Tupi)
1976 Os Apóstolos de Judas (Tupi)
1975 A Viagem (substituindo Márcia Maria) (Tupi)
1975 Ovelha Negra (Tupi)
1974 A Barba Azul (Tupi)
1974 Hospital (Tupi)
1970 Simplesmente Maria (Tupi)
1970 As Bruxas (Tupi)
1969 Super Plá (Tupi)



















FILMES

2007 A Volta do Regresso
1981 Eros, o Deus do Amor
1978 Mulher Desejada
1976 Aleluia Gretchen
1976 Excitação
1976 Helena A Noite da Fêmeas
1976 Tiradentes, O Mártir da Independência
1975 O Desejo
1975 As Secretárias...Que Fazem de Tudo
1972 Independência ou Morte
1972 As Deusas
1972 Os Machões
1972 Maridos em Férias




 ASSISTA LOGO ABAIXO 4 FILMES
QUE TRAZEM KATE HANSEN NO ELENCO
UMA CORTESIA CANAL BRASIL-YOU TUBE












No comments:

Post a Comment