Friday, March 10, 2017

RACHEL WEISZ CHEGA AOS 47 ANOS MAIS SEDUTORA E ENCANTADORA DO QUE NUNCA




A bela e adorável Rachel Hannah Weisz nasceu em Londres no dia 7 de Março de 1970.

Foi educada dentro dos preceitos judaicos, pois seu pai, George Weisz, era um inventor judeu húngaro que fugiu com sua família para a Inglaterra para escapar da perseguição nazista.

Já sua mãe, Edith, era uma psicanalista católica nascida em Viena, que sempre teve aspirações não-realizadas para trabalhar como atriz. Rachel herdou um pouco do temperamento de cada um dos dois.


Rachel começou sua carreira no Trinity Hall, em Cambridge, no início de 1990, e logo foi trabalhar na TV inglesa na ótima série de mistério "Inspector Morse".

Mas nos anos que se seguiram, ela não conseguiu grande coisa, e sua carreira só foi acertar o passo a partir de 1999, quando, graças ao sucesso dos filmes da série "A Múmia", começou a ser chamada para produções de alto gabarito artístico. 

Até que a sorte finalmente sorriu para ela quando foi convidada para o elenco de "O Jardineiro Fiel", uma adaptação do thriller de John le Carré passado no Kenya dirigida por Fernando Meirelles.

E o resto é história: Rachel Weisz concorreu e ganhou não só o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante de 2006, como também o Golden Globe e o Screen Actors Guild na mesma categoria.



Desde então, Rachel Weisz passou a ter uma carreira a zelar.

Tem trabalhado bastante, sempre preferindo pequenos papéis em produções de gabarito artístico, para poder assim alternar sua carreira no cinema com os convites que recebe para fazer teatro em Londres e em Nova York.

Foi casada por 9 anos com o diretor Darren Aronofsky -- e quando separou-se dele em 2010 iniciou um romance com Daniel Craig, com quem vive desde então.




Rachel Weisz completa 46 anos de idade na próxima segunda feira e nós celebramos aqui reunindo alguns de seus filmes mais interessantes rodados antes do sucesso de "O Jardineiro Fiel".

Em comum entre eles, apenas o fato de estarem todos disponíveis para locação nas estantes da Vídeo Paradiso.




 O DESPERTAR DE UM SÉCULO
(Sunshine, 1999, 180 minutos, direção István Szabo)

O filme mostra a saga da família Sonnenschein, judeus-húngaros que viveram momentos da mais destacada glória e da mais triste miséria, ao longo de quase 200 anos de história. Os destinos dos Sonnenschein foram definitivamente alterados por fatores históricos como a divisão do império Austro-Húngaro, as duas Guerras Mundiais, o terror do Nazismo, o Domínio Comunista e a derrocada da União Soviética. Todo este pano de fundo histórico é retratado com arte e precisão por meio de uma excelente reconstituição de época ou por imagens de arquivo. O protagonista central das três gerações retratadas é sempre Ralph Finnes, ressaltando as semelhanças familiares entre eles.

CÍRCULO DE FOGO
(Enemy At The Gates, 2001, 131 minutos, direção: Jean-Jacques Annaud)

Durante a Batalha de Stalingrado, o Exército Vermelho precisava desesperadamente de um herói, alguém que pudesse encorajar os soviéticos a repelir o invasor nazista. Eis que chega à cidade em chamas Vasily Zaitsev (Jude Law), aparentemente um a mais no meio de tantos soldados enviados àquele inferno chamado Stalingrado. Vasili sobrevive a um fracassado ataque contra posições alemãs fortemente armadas. Escondendo-se dentro de um chafariz, ele acha um fuzil e mata cinco alemães com a pouca munição de que dispunha. A seu lado, também escondido, está o comissário político Danilov (Joseph Fiennes), que decide tomar Vasili como herói nacional. Os feitos de Vasili são orgulhosamente divulgados pela Rádio Moscou, e sua fama espalha-se até alcançar os alemães, que decidem mandar seu mais experimentado franco-atirador, o Major König (Ed Harris), com a missão de matar Vasily Zaitsev. Começa então o duelo entre ambos. Vasili conhece e apaixona-se por uma jovem recruta, chamada Tania (Rachel Weisz), o que provoca uma crise de ciúmes em Danilov. Filme belísssimo, mas pouco conhecido do grande público. Merece ser redescoberto.
DIVINAS CRIATURAS
(Beautiful Creatures, 2001, 90 minutos, direção: Bill Eagles)

Petula (Rachel Weisz) e Dorothy (Susan Lynch) são duas amigas que vivem em Glasgow. Ambas namoram gângsters e ambas também apanham deles. Até que um dia, quando Dorothy resolve reagir e atacar o namorado de Petula, que está batendo nela naquele momento, ela acidentalmente o mata. Desesperadas, as duas agora propõem um plano que faça parecer que uma delas foi sequestrada, para que o assassinato possa ser disfarçado de sequestro. Tanto Rachel Weisz quanto Kelly Lynch estão deliciosas (em todos os sentidos) nesse thriller explosivo.
UM GRANDE GAROTO
(About A Boy, 2002, 101 minutos, direção: Chris & Paul Weltz)

Will Freeman (Hugh Grant) vive um estilo de vida sereno e sem responsabilidades em Londres, graças os royalties que recebe de uma canção de Natal muito popular composta por seu pai. Começa a frequentar grupos de apoio para as famílias monoparentais só para pegar mulheres, e , como parte de sua tática, inventa um filho de dois anos chamado Ned, para tornar sua abordagem com as mulheres mais convincente. Então ele conhece Suzie (Victoria Smurfit). E conhece também a melhor amiga dela, Fiona (Toni Collette), uma suicida em potencial, que tem um filho de 12 anos chamado Marcus (Nicholas Hault), com quem ele se identifica de imediato, e viram grandes amigos, vivendo momentos estranhos e engraçados juntos. Graças a Marcus, Will amadurece um pouco e se envolve com Rachel (Rachel Weisz), uma mulher auto-confiante e cheia de atitude, diferente do tipo de mulher com quem normalmente namora. Will, no entanto, mente para ela afirmando que Marcus é seu filho -- e Marcus topa a parada, pois fica apaixonado pela filha dela, que tem a mesma idade que ele. Uma comédia deliciosa, com um elenco perfeito e um andamento cativante. Baseado no romance de muito sucesso de Nick Hornby.

O GOLPE PERFEITO
(Confidence, 2003, 97 minutos, direção: James Foley)

Um grupo de trapaceitos se une para aplicar um golpe milionário num banco que patrocina ações do crime organizado. São eles: Jake Vig (Edward Burns), que acaba de surrupiar uma pequena fortuna de um mafioso; The King (Dustin Hoffman), um excêntrico e violento chefão do crime, e Lily (Rachel Weisz), uma batedora de carteiras bem atrevida que se junta ao grupo operando um esquema complexo que envolve empréstimos corporativos, contabilidade criativa, transferências bancárias e contas off-shore. Seguindo os rastros de Jake está o policial Gunther (Andy Garcia), um velho conhecido do malandro, que usa sempre a mesma gravata. Um thriller incomum e eletrizante, que tira o melhor proveito possível de seu elenco estelar.




No comments:

Post a Comment